Deputado da FRETILIN pede ao ME para não partidarizar recrutamento de professores

Germenino Ximenes - Politica
Reportajen : Olga Soares, Cesário Sousa e Marquita
Editor : Equipa do CLJ
  • Share
Dário Madeira

Díli (timorpost.com) – O deputado da bancada da Frente Revolucionária de Timor-Leste Independente (FRETILIN) Dário Madeira pediu ao Ministério da Educação (ME) para não partidarizar o recrutamento dos novos professores.

“Há indicações de que os candidatos às vagas para recrutamento de novos professores, para assinarem contrato, devem apresentar uma recomendação dos coordenadores dos partidos no Governo”, disse Dário Madeira ao Timor Post, nesta segunda-feira (22/01), no Parlamento Nacional.

ADVERTISEMENT
SCROLL FILA BA NOTISIA


O parlamentar questionou ainda a rescisão do contrato dos professores, uma vez que a decisão avançada pelo ME poderá agravar os problemas da educação no país.

“A cessação do contrato dos professores tem como objetivo melhorar ou piorar o sistema da educação? Ouvi dizer que há vinganças políticas, uma vez que se desconfia que os professores em questão eram membros dos partidos políticos do anterior Governo”, revelou.

O general reformado das Falintil-Forças de Defesa de Timor-Leste(F-FDTL), Lere Anan Timur, pediu, de igual modo, ao Ministério da Educação que abrisse o concurso para o recrutamento dos novos professores com vista ao começo do ano letivo de 2024.

Lere Anan Timur disse que a suspensão das atividades de ensino e aprendizagem prejudica o futuro dos estudantes, uma vez que “estão a perder o seu direito de aprender por falta de professores”.

O ex-líder do braço armado da resistência timorense pediu, por isso, à Ministra da Educação, Dulce de Jesus, que resolvesse o problema dos contratos dos professores.

“Apresentei a minha solidariedade aos professores que foram alvo da rescisão de contrato por parte do Ministério da Educação. Alguns deles foram voluntários desde 2000 até 2023, pelo que merecem o reconhecimento do Governo”, disse Lere Anan Timur, na sua residência, no Farol.

Já o vice-Ministro dos Assuntos Parlamentares, Adérito Hugo da Costa, disse que o atual Governo está comprometido em melhorar o setor da educação, sobretudo no que diz respeito ao estatuto dos professores.

“O nono Governo está a arriscar para desenvolver o setor da educação, visando o futuro das novas gerações. Quem não quer arriscar, é melhor deixar a política” defendeu.

O governante afirmou, por fim, que o Governo já abriu 800 vagas para o recrutamento de novos professores, procurando encontrar soluções para os cerca de mil que se debatem com o problema dos contratos.

 438 total views,  3 views today

Como Você Reage?
Like
Love
Haha
Wow
Sad
Angry
You have reacted on “Deputado da FRETILIN pede ao ME para não partid…” A few seconds ago
  • Share
ADVERTISEMENT
SCROLL FILA BA NOTISIA

Outras Notícias da Timorpost


Comentários :
Timorpost.com Realmente Aprecio Sua Opinião. Seja Sábio e ético ao Expressar Opiniões. Sua Opinião é de Sua Inteira Responsabilidade de Acordo Com a Lei ITE.

error: