Quadros da FRETILIN: Lú-Olo e Alkatiri devem abandonar liderança

Augusto Sarmento - Politica
Reportajen : Florindo Coluna
Editor : Germenino Soares
  • Share
Imagem Especial

Díli (timorpost.com) – Os quadros políticos da Frente Revolucionária do Timor-Leste Independente (FRETILIN) exigiram que o presidente do Comité Central, Francisco Guterres ‘Lú-Olo’, e o secretário-geral, Marí Bim Amude Alkatiri, resignem da liderança desta força política, após a sua derrota nas recentes corridas parlamentares.

O porta-voz do Grupo Dinamizador do partido, Osório Florindo, falava no passado sábado (27/05), em conferência de imprensa, no Estádio de Audian, em Díli.

ADVERTISEMENT
SCROLL FILA BA NOTISIA


“Desde os princípios de 2011, temos falado com os camaradas Lú-Olo e Marí Alkatiri e avisámo-los de que a liderança de ambos já não tinha relevância para a sustentabilidade deste partido histórico”, disse Osório Florindo.

Referiu que a descida de assentos parlamentares da FRETILIN nas eleições de 2023 demonstra o desgosto de muitos militantes e simpatizantes com a liderança das duas figuras políticas.

Contou ainda que a estrutura da FRETILIN compreende quando alguns militantes declararam, com medo, que, sem Marí Alkatiri no topo da liderança, “o partido será pontapeado em pedaços por Xanana Gusmão”.

O ex-deputado defendeu também que Xanana nunca atacou a FRETILIN, mas os dois líderes nacionais, Xanana e Alkatiri, é que sempre se atacaram, ato que deu impacto negativo ao partido e aos seus militantes.

“Sempre ouvimos o nosso secretário-geral a dizer que a FRETILIN é o Povo e o Povo é a FRETILIN. Agora o povo torna-se vítima do conflito verbal entre os dois líderes históricos, Alkatiri e Xanana. O Grupo Dinamizador do partido declara, por isso, que Lú-Olo e Marí já não são o modelo de líderes que os militantes desejam, porque o gráfico do seu desempenho se mantém negativo”, admitiu.

Segundo Osório, os que votaram no partido foram apenas aqueles cujos pais morreram e sofreram durante a guerra da invasão, sinal de que Lú-Olo e Alkatiri, “se fossem alunos, não passavam de classe durante anos por terem maus resultados na sua caderneta escolar”.

“Os jovens rejeitaram votar na FRETILIN por terem perdido a esperança, devido à irrelevante liderança dos atuais presidente e secretário-geral. O número dos eleitores aumentou, enquanto os que votaram na FRETILIN diminuiu. Quero dizer que os dois não se preocupam em levar o partido para uma vitória rumo à libertação e desenvolvimento do povo, mantendo as suas posições”, sublinhou.

Já o secretário-geral adjunto da FRETILIN, Flávio Maria Guterres, destacou a necessidade de uma avaliação interna do partido para descobrir a causa da sua derrota, de 23 lugares antes a 19 nas recentes eleições.

“Já envidámos todos os esforços, do nível nacional até à base, mas, finalmente, o resultado é o que obtemos de facto. É fundamental reunirmos para avaliar e identificar as causas desta derrota. Houve uma participação significativa da comunidade nas nossas campanhas políticas, não apenas nos três municípios da parte leste, mas também nos outros municípios, incluindo na RAEOA”, disse Flávio ao diário Timor Post no passado sábado (27/05), no âmbito do apuramento nacional dos votos na sede da Comissão Nacional de Eleições, em Colmera, Díli.

 726 total views,  3 views today

Como Você Reage?
Like
Love
Haha
Wow
Sad
Angry
You have reacted on “Quadros da FRETILIN: Lú-Olo e Alkatiri devem ab…” A few seconds ago
  • Share
ADVERTISEMENT
SCROLL FILA BA NOTISIA

Outras Notícias da Timorpost


Comentários :
Timorpost.com Realmente Aprecio Sua Opinião. Seja Sábio e ético ao Expressar Opiniões. Sua Opinião é de Sua Inteira Responsabilidade de Acordo Com a Lei ITE.

error: