CSTL: Política do aumento do salário mínimo é apenas uma retórica

Mario da Costa - Geral
Reportajen : Olga Soare
Editor : Germenino Ximenes
  • Share
Almerio Januário Vila Nova

DÍLI (timorpost.com) – A Confederação de Sindicatos de Trabalhadores de Timor-Leste (CSTL) considera que a política do aumento do salário mínimo não passa de uma “promessa falsa” dos políticos.

O Presidente da CSTL, Almério Januário Vila Nova, informou que na Lei das Grandes Opções do Plano para 2023, aprovada pelo Governo e Parlamento Nacional e publicada no Jornal da República em junho de 2022, está também incluído o aumento do salário mínimo de 115 dólares americanos para 135.

ADVERTISEMENT
SCROLL FILA BA NOTISIA


No entanto, a Confederação lamenta o facto de a medida não ter ainda entrado, até à data, em vigor.

“A questão do salário mínimo é só uma retórica política, porque tem sido falada por vários Governos, mas nunca houve nenhuma mudança”, lamentou o líder da CSTL, no sábado (14/01).

A Confederação pede a seriedade do Executivo em relação à matéria, uma vez que os cidadãos com rendimento baixo são aqueles que mais sofrem com o custo de vida elevado. Uma situação que tem vindo a piorar com a subida dos preços dos bens essenciais.

“O Governo deve ter seriedade para melhorar as condições de vida da população através do aumento do salário mínimo”, acrescentou.

 555 total views,  3 views today

Como Você Reage?
Like
Love
Haha
Wow
Sad
Angry
You have reacted on “CSTL: Política do aumento do salário mínimo é a…” A few seconds ago
  • Share
ADVERTISEMENT
SCROLL FILA BA NOTISIA

Outras Notícias da Timorpost


Comentários :
Timorpost.com Realmente Aprecio Sua Opinião. Seja Sábio e ético ao Expressar Opiniões. Sua Opinião é de Sua Inteira Responsabilidade de Acordo Com a Lei ITE.

error: