INDDICA: Divórcio e problemas económicos contribuem para abandono de crianças

Timor Post - Economia · Geral · Justiça
Reportajen : Vicente Boavida Xavier
Editor : Equipa CLJ
  • Share

Díli – A Presidente do Instituto para a Defesa dos Direitos das Crianças (INDDICA), Dinorah Granadeiro, considerou que o divórcio e os problemas económicos contribuem para o abandono de crianças.

Dinorah Granadeiro disse que o INDDICA está a trabalhar com os ministérios relevantes e os parceiros para criar redes de referência com vista à proteção das crianças abandonadas.

ADVERTISEMENT
SCROLL FILA BA NOTISIA


“Os pais são os primeiros protetores das crianças, em quaisquer situações, para que estas possam gozar os seus direitos fundamentais”, disse Dinorah Granadeiro ao Timor Post, na quinta-feira (15/03/2023), no edifício do Ministério da Solidariedade Social e Inclusão, em Caicoli.

A dirigente afirmou ainda que o Ministério da Solidariedade Social e Inclusão e o INDDICA têm a responsabilidade de dar prioridade aos direitos fundamentais das crianças, quando estas estiverem em situações em que os pais não lhes deem atenção.

“O instituto tem condições para dar segurança às crianças que têm problemas com os seus familiares, nomeadamente na disponibilização de lugares seguros”, referiu.

Dinorah Granadeiro salientou também que Timor-Leste já ratificou as convenções relativas à proteção dos direitos das crianças, acrescentando que o INDDICA vai, em breve, apresentar no Conselho de Ministros a nova lei de proteção de crianças.

“Estamos a trabalhar para que a lei seja aprovada, pelo que vamos, em breve, proceder a algumas ações relativas às crianças que andam a vender nas ruas de Díli”, garantiu.

 831 total views,  6 views today

Como Você Reage?
Like
Love
Haha
Wow
Sad
Angry
You have reacted on “INDDICA: Divórcio e problemas económicos contri…” A few seconds ago
  • Share
ADVERTISEMENT
SCROLL FILA BA NOTISIA

Outras Notícias da Timorpost


Comentários :
Timorpost.com Realmente Aprecio Sua Opinião. Seja Sábio e ético ao Expressar Opiniões. Sua Opinião é de Sua Inteira Responsabilidade de Acordo Com a Lei ITE.

error: