FM considera inconstitucional a reativação dos 158 reformados da PNTL

Germenino Ximenes - Geral
Reportajen : Florindo Coluna
Editor : Germenino Soares
  • Share
Nelson Belo

Díli (timorpost.com) – A Organização Não Governamental (ONG) Fundação Mahein (FM) considera inconstitucional a reativação dos 158 membros reformados da Polícia Nacional de Timor-Leste (PNTL) pelo atual Governo.

“Consideramos a reintegração de 158 membros reformados da PNTL inconstitucional, porque o Tribunal de Recurso (TR) anunciou que o processo de reforma não violou nenhuma lei”, disse o diretor-executivo da FM, Nelson Belo, ao diário Timor Post, esta quinta-feira (23/11), no seu local de trabalho, no Bairro dos Grilos, Díli.

ADVERTISEMENT
SCROLL FILA BA NOTISIA


Pediu ao Ministério do Interior (MI) que reconheça a decisão do TR, pois o processo da reforma decorreu conforme as leis vigentes.

Segundo o dirigente, caso a lei não permita a reativação dos efetivos policiais já reformados, estes não podem voltar ao seu trabalho normal.

Recorde-se que o Comando Geral da PNTL decidiu, no ano passado, reformar 158 efetivos da PNTL por considerar terem já preenchido os requisitos e a idade da reforma.

 354 total views,  3 views today

Como Você Reage?
Like
Love
Haha
Wow
Sad
Angry
You have reacted on “FM considera inconstitucional a reativação dos …” A few seconds ago
  • Share
ADVERTISEMENT
SCROLL FILA BA NOTISIA

Outras Notícias da Timorpost


Comentários :
Timorpost.com Realmente Aprecio Sua Opinião. Seja Sábio e ético ao Expressar Opiniões. Sua Opinião é de Sua Inteira Responsabilidade de Acordo Com a Lei ITE.

error: