Timor-Leste tem de usar embalagem de outro país para exportar inhame de pata de elefante

Mario da Costa - Economia
Reportajen : Olga Soare
Editor : Germenino Ximenes
  • Share
Imagem Esp.

Díli (timorpost.com) – Timor-Leste tem de usar a embalagem de outros países para exportar inhame pata de elefante por não preencher os requisitos sanitários exigidos pelo mercado internacional.

 

ADVERTISEMENT
SCROLL FILA BA NOTISIA


“Temos a maior quantidade deste produto para ser exportada, mas enfrentamos dificuldades para o fazer. A melhor maneira para o exportar é através dos países em que temos embaixadas acreditadas ”, disse o Diretor Nacional de Agro-Comércio do Ministério da Agricultura e Pescas (MAP), Fernando Egídio Amaral, ao Timor Post, esta quinta-feira (05/01), no seu local de trabalho em Comoro.

O dirigente afirmou ainda que o decreto para garantir a exportação de inhame pata de elefante foi encaminhado para o Conselho de Ministros para ser discutido e aprovado, salientando que apenas com este documento assegurará o envio do produto em causa para o estrangeiro.

Fernando Amaral lembrou também que os contentores da empresa ASELDA foram apreendidos pela autoridade de segurança de Honkong, quando esta tentou exportar o inhame para a China.

O diretor sublinhou, por fim, que a falta do decreto não só impede a exportação da inhame pata de elefante, mas também outros produtos como a pimenta preta de Timor-Leste.

 549 total views,  3 views today

Como Você Reage?
Like
Love
Haha
Wow
Sad
Angry
You have reacted on “Timor-Leste tem de usar embalagem de outro país…” A few seconds ago
  • Share
ADVERTISEMENT
SCROLL FILA BA NOTISIA

Outras Notícias da Timorpost


Comentários :
Timorpost.com Realmente Aprecio Sua Opinião. Seja Sábio e ético ao Expressar Opiniões. Sua Opinião é de Sua Inteira Responsabilidade de Acordo Com a Lei ITE.

error: