Horta defende atribuição de subsídio às famílias mais carenciadas

Mario da Costa - Economia
Reportajen : Mariano Abi
Editor : Germenino Ximenes
  • Share
Prezidente Repúblika, José Ramos Horta, Imajen TP/Mariano Abi.

Díli (timorpost.com) – O Presidente da República, José Ramos Horta, defende a atribuição do subsídio de final de ano no valor de 200 dólares às famílias mais carenciadas.

“É mais justo conceder o apoio às pessoas que têm um rendimento mensal inferior a 200 dólares”, disse José Ramos Horta ao Timor Post, após a sua chegada ao Aeroporto Internacional Nicolau Lobato, após ter participado na 77.ª Sessão da Assembleia Geral da ONU.

ADVERTISEMENT
SCROLL FILA BA NOTISIA


O Chefe de Estado aconselhou ainda às pessoas que auferem um salário acima de mil dólares para renunciar a apoio social.

Para Horta, a gestão do corte de salários cabe apenas à Presidência da República, lembrando que a verba é transferida para as diversas organizações e individualidades que por sua vez estão encarregues de conduzir todo o processo de pagamento dos subsídios às pessoas mais carenciadas.

“Peço aos governantes que a verba disponibilizada seja atribuída só às famílias que vivem numa situação de grande precariedade”, referiu.

 871 total views,  3 views today

Como Você Reage?
Like
Love
Haha
Wow
Sad
Angry
You have reacted on “Horta defende atribuição de subsídio às família…” A few seconds ago
  • Share
ADVERTISEMENT
SCROLL FILA BA NOTISIA

Outras Notícias da Timorpost


Comentários :
Timorpost.com Realmente Aprecio Sua Opinião. Seja Sábio e ético ao Expressar Opiniões. Sua Opinião é de Sua Inteira Responsabilidade de Acordo Com a Lei ITE.

error: