CNR sem espaço para atender pessoas com paralisia

Augusto Sarmento - Saúde
Reportajen : Estagiado Jacinto Caet
Editor : Germenino Soares
  • Share
Maria Santina de Jesus Gomes

Díli (timorpost.com) – O Centro Nacional de Reabilitação (CNR) está a debater-se com a falta de espaço para o atendimento e terapia das pessoas que sofrem de paralisia.

A diretora do CNR, Maria Santina de Jesus Gomes, disse que o espaço atual detido pelo centro não permite acomodar uma maior quantidade doentes, acolhendo diariamente 30 pessoas.

ADVERTISEMENT
SCROLL FILA BA NOTISIA


“O edifício do CNR está a ser utilizado pela Direção Nacional de Emprego Exterior (DNEE) da Secretaria de Estado da Formação Profissional e Emprego (SEFOPE). Por isso, vamos coordenar com a direção para o devolver ao CNR, de modo a termos espaços adicionais”, disse Maria Gomes ao Timor Post, esta terça-feira (13/06), no seu local de trabalho, em Becora.

A dirigente afirmou ainda que o CNR pretende alargar o serviço a outros municípios, de modo a tratar a população que sofre de paralisia e apoiar os portadores de deficiência.

“Temos um plano estratégico que define o trabalho do CNR. Queremos, por isso, construir, em 2025, edifícios do CNR nos municípios de Ermera e Baucau”, concluiu.

 576 total views,  3 views today

Como Você Reage?
Like
Love
Haha
Wow
Sad
Angry
You have reacted on “CNR sem espaço para atender pessoas com paralisia” A few seconds ago
  • Share
ADVERTISEMENT
SCROLL FILA BA NOTISIA

Outras Notícias da Timorpost


Comentários :
Timorpost.com Realmente Aprecio Sua Opinião. Seja Sábio e ético ao Expressar Opiniões. Sua Opinião é de Sua Inteira Responsabilidade de Acordo Com a Lei ITE.

error: