Presidente da República condecora 86 professores

Germenino Ximenes - Nacional
Reportajen : Estagiado Vicente Boavida Xavier
Editor : Equipa do CLJ
  • Share
José Ramos Horta

Díli (timorpost.com)O Presidente da República (PR), José Ramos Horta, atribuiu, no âmbito da comemoração do 48º aniversário da Proclamação da Independência, em 28 de novembro, a Medalha da Ordem de Timor-Leste, de Insígnia e de Mérito e Certificados de Reconhecimento a 86 professores.

O Chefe do Estado referiu a extrema importância do desempenho dos docentes no desenvolvimento educativo dos cidadãos nos vários níveis de ensino, desde a pré-primária até ao ensino superior.

ADVERTISEMENT
SCROLL FILA BA NOTISIA


“Não é a primeira vez que falo sobre este assunto. Já o fiz no meu primeiro mandato, no meu discurso em 2010 sobre educação”, disse Ramos Horta, no seu discurso, esta segunda-feira (27/11), no Palácio Presidencial, no Bairro Pité, em Díli.

O PR lembrou ainda que, naquela altura, condecorou alguns docentes, enfermeiros, médicos e motoristas de ambulância.

Frisou ainda que “quando falamos sobre a saúde, esquecemo-nos do pessoal de saneamento, apesar da sua importância na limpeza dos hospitais”.

Acrescentou que os deputados no Parlamento Nacional (PN) pedem subsídios mensais de transporte e de saúde, respetivamente no valor de 1.600 e 600 dólares americanos.

“Isto significa que cada deputado deve ficar mensalmente doente para obter o subsídio de saúde, mas não há nenhum subsídio para os professores, pois ninguém se interessa por eles. Na Finlândia, a comunidade respeita muito os professores, é um valor da sociedade daquele país”, destacou Ramos Horta.

“Em Timor-Leste, ninguém liga aos professores. A Ministra da Educação, Dulce de Jesus Soares, deu-me a lista dos condecorados e vi que alguns ensinam há mais de 50 anos, mas sem reconhecimento da sociedade”, esclareceu o PR.

Ramos Horta adiantou, ainda, que rejeita os boatos segundo os quais os condecorados são oriundos apenas do partido Congresso Nacional da Reconstrução de Timor-Leste (CNRT), pois há também professores do Município de Viqueque, provavelmente apoiantes do partido da Frente Revolucionária do Timor-Leste Independente (FRETILIN).

“A seleção foi feita pela Ministra da Educação com base nos anos de serviço. Acho que não é questionável o princípio partidário dos professores de Viqueque, visto que este município é conhecido por ter muitos apoiantes da FRETILIN. Há também condecorados dos partidos KHUNTO e PD. Para mim, não é importante a filiação político-partidária dos condecorados. O que me interessa é a longa carreira como professores”, concluiu.

Por seu turno, uma professora, Ana Maria Xavier Gusmão Magno, mostrou satisfação por ser condecorada pela primeira vez na sua vida.

“Ensinamos há mais de 50 anos. Muitos dos colegas ainda não receberam a condecoração e alguns faleceram recentemente”, disse Ana Maria Magno aos jornalistas após a condecoração pelo Chefe do Estado.

Recorde-se que a atribuição das condecorações foi feita no dia 27 de novembro, um dia antes da comemoração. Foram condecorados 52 professoras e 34 professores.

 345 total views,  3 views today

Como Você Reage?
Like
Love
Haha
Wow
Sad
Angry
You have reacted on “Presidente da República condecora 86 professores” A few seconds ago
  • Share
ADVERTISEMENT
SCROLL FILA BA NOTISIA

Outras Notícias da Timorpost


Comentários :
Timorpost.com Realmente Aprecio Sua Opinião. Seja Sábio e ético ao Expressar Opiniões. Sua Opinião é de Sua Inteira Responsabilidade de Acordo Com a Lei ITE.

error: