Morreu Isabel da Costa Ferreira, esposa do Primeiro-Ministro timorense, Taur Matan Ruak

Augusto Sarmento - Nacional
Reportajen : Constantino Savio
  • Share
Foto institucional de Isabel da Costa Ferreira

Díli (timorpost.com) – Isabel da Costa Ferreira Ruak, esposa do Primeiro-Ministro de Timor-Leste, Taur Matan Ruak, faleceu no domingo (18.06), aos 49 anos, na sua residência de Metiaut, em Díli, às 20:48.

Isabel Ferreira lutava contra um cancro nos intestinos desde meados de 2022. Perdeu a última batalha, que pôs fim a meses de sofrimento. Nos minutos que se seguiram à notícia oficial, somaram-se as mensagens de pesar nas redes sociais. Desde o Presidente da República José Ramos-Horta à restante comunidade timorense, ninguém ficou indiferente ao desaparecimento de uma figura que sempre esteve do lado dos mais desfavorecidos.

ADVERTISEMENT
SCROLL FILA BA NOTISIA


João Teodósio Amaral, especialista em quimioterapia do Hospital Nacional Guido Valadares (HNGV), esteve destacado na residência de Isabel Ferreira nos últimos três meses. O médico explicou que o cancro intestinal que foi diagnosticado há mais de um ano, já tinha entrado em fase terminal.

“No ano passado, quando apareceram os sintomas, atuámos imediatamente. Fomos a Singapura para dar início aos tratamentos mais eficazes (quimioterapia, radiologia ou cirurgia) para combater a doença”, enfatizou João Amaral.

Depois de ter sido internada em Singapura, Isabel decidiu fazer tratamento em Timor-Leste, sendo acompanhada por uma equipa do HNGV durante os últimos meses.

Conhecida por ter sido a primeira-dama do então Presidente da República, entre 2012 e 2017, o impacto de Isabel Ferreira na sociedade timorense foi muito além do facto de ser casada com Taur Matan Ruak.

Em 2022 chegou a ser candidata à presidência da República, pouco antes de lhe ter sido diagnosticada a doença. Mesmo não vencendo, a opinião pública sempre esteve do lado de Isabel Ferreira, sendo uma figura consensual no meio político.

A jurista foi Vice-ministra da Justiça em 2006, tendo desempenhado, antes e depois do mandato, funções de assessoria e de coordenação de projetos relacionados com o governo.

Ao longo da sua vida, lutou pelos Direitos Humanos, pela igualdade e por quem não tem voz.

Foram os violentos crimes cometidos durante a ocupação indonésia que levaram a mulher de Taur, também ele um dos símbolos da Resistência, a investigar e a procurar justiça, tendo sido esse o início da sua carreira profissional.

Isabel Ferreira foi consultora para os direitos humanos durante a fase da Administração Transitória das Nações Unidas, foi coordenadora da ONG Kontras Timor-Timur, diretora da Comissão Direitos Humanos Timor-Loro Sa’e e membro da Comissão Verdade e Amizade, sempre com a defesa dos Direitos Humanos como linha orientadora.

Isabel Ferreira casou com Taur Matan Ruak, em 2001, e juntos tiveram três filhos.

 2,307 total views,  6 views today

Como Você Reage?
Like
Love
Haha
Wow
Sad
Angry
You have reacted on “Morreu Isabel da Costa Ferreira, esposa do Prim…” A few seconds ago
  • Share
ADVERTISEMENT
SCROLL FILA BA NOTISIA

Outras Notícias da Timorpost


Comentários :
Timorpost.com Realmente Aprecio Sua Opinião. Seja Sábio e ético ao Expressar Opiniões. Sua Opinião é de Sua Inteira Responsabilidade de Acordo Com a Lei ITE.

error: