Díli será ponto de encontro de mais de mil maratonistas

Mario da Costa - Desporto
Reportajen : Florindo Coluna
Editor : Germenino Ximenes
  • Share
Afranio Xavier Amaral, Imagem Esp.

Díli (timorpost.com) – Timor-Leste vai receber, no próximo sábado (08/10), a Maratona Internacional de Díli, que conta já com mais de mil inscrições, de diferentes partes do mundo. O evento começa às 6h no Palácio Presidencial, que será também o ponto de chegada dos atletas.

O lema da competição é Run for Peace (corrida pela paz) e é uma iniciativa da Presidência da República para promover o bem-estar social, a vida saudável e o nome de Timor-Leste para o mundo.

ADVERTISEMENT
SCROLL FILA BA NOTISIA


Segundo Afranio Xavier Amaral, Presidente da Federação de Atletismo de Timor-Leste, esta é a 5.ª edição do evento, sendo que a última decorreu em 2017. A corrida, dividida em cinco categorias – 3Km, 10Km, 21Km (meia maratona), 42Km (maratona) e 10Km para atletas com deficiência – conta com 1214 participantes.

Existem diferentes razões que motivam os atletas a disputar provas de maratona. Para alguns, correr é uma forma de fazer amizades e, para outros, desafiar-se em longas distâncias é fator importante na manutenção da forma física para as futuras competições.

Na avaliação de André Esteves, atleta amador e professor de Língua Portuguesa, participar da competição é uma forma de conhecer mais pessoas e de manter o nosso corpo e mente saudáveis.

“Já participei em corridas, quando era militar, organizadas pelas Forças Armadas. Nesses eventos contactava com camaradas e amigos que trabalhavam em outras unidades”, afirmou.

Segundo o professor, a maratona de Díli é relevante, porque também envolve tanto a população que vive na capital como a que reside nos municípios.

Um dos atletas timorenses a disputar a maratona é Joanito Fernandes. Desde 2016, o jovem disputa a prova. Em 2017, teve seu melhor desempenho, conquistando o terceiro lugar.

Fernandes já participou também em duas edições da Asian University Games, sendo uma em Myanmar (2018) e outra na Tailândia, neste ano. Para o jovem, correr em diferentes modalidades é uma forma de ganhar experiência e de estar preparado para as futuras competições.

Correr para ser saudável

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), em Timor-Leste, os níveis de sedentarismo rondam os 89%, entre as pessoas de 11 a 17 anos.

No estudo, divulgado em 2020, a OMS destaca que até 5 milhões de mortes por ano, em todo o mundo, poderiam ser evitadas se a população mundial fosse mais ativa.

A pesquisa classifica como sedentárias as pessoas que não praticam pelo menos uma hora de exercício físico diariamente.

“Para combater o sedentarismo, é preciso incentivar as pessoas a praticar desporto. Esta maratona é um exemplo disso”, disse André Esteves.

Joanito Fernandes, por sua vez, aproveitou para apelar aos jovens para a prática de desporto para garantir o bem-estar físico e prevenir doenças como a diabetes, a tensão alta, entre outras.

Segundo informações da Polícia Nacional de Timor-Leste, algumas estradas vão estar fechadas durante o evento.

 1,507 total views,  3 views today

Como Você Reage?
Like
Love
Haha
Wow
Sad
Angry
You have reacted on “Díli será ponto de encontro de mais de mil mara…” A few seconds ago
  • Share
ADVERTISEMENT
SCROLL FILA BA NOTISIA

Outras Notícias da Timorpost


Comentários :
Timorpost.com Realmente Aprecio Sua Opinião. Seja Sábio e ético ao Expressar Opiniões. Sua Opinião é de Sua Inteira Responsabilidade de Acordo Com a Lei ITE.

error: