Exames de graduação de faixa do PSHT resultaram em confrontos na capital

Augusto Sarmento - Segurança
Reportajen : Florindo Coluna
Editor : Equipa do CLJ
  • Share
Orlando Gomes

Díli (timorpost.com) Os exames de graduação de faixa de 2023 do Grupo de Artes Marciais (GAM) Persaudaraan Setia Hati Teratai (PSHT, em indonésio) resultaram em confrontos físicos em três locais da capital, nomeadamente Raikotu, Fatuhada e Kampung Alor.

O comandante da Polícia Nacional de Timor-Leste (PNTL) do Comando Municipal de Díli, superintendente-chefe Orlando Gomes, informou que os conflitos surgiram pelas 05h00 na segunda-feira (14/08), entre elementos do GAM-PSHT e grupos desconhecidos de jovens, obrigando as entidades de segurança a atuarem.

ADVERTISEMENT
SCROLL FILA BA NOTISIA


“A equipa conjunta de segurança, composta pela Unidade da Patrulha da Polícia, Serviço de Informação Nacional, Serviço Nacional de Inteligência, Unidade Especial das F-FDTL, Unidade Especial da Polícia e Unidade da Polícia Marítima, deslocou-se aos locais dos confrontos para acalmar a situação e deter presumíveis suspeitos”, disse Orlando Gomes, esta segunda-feira (14/08), aos jornalistas, no seu local de trabalho, em Caicoli.

Segundo o comandante, os confrontos em Raikotu causaram estragos, devido a apedrejamentos a algumas habitações dos residentes e um veículo de patrulha da polícia, enquanto uma jovem do PSHT ficou ferida na cabeça, na área de Fatuhada.

“Ainda não identificámos os motivos dos conflitos, mas conseguimos capturar cinco suspeitos em Raikotu e outro em Fatuhada. Os seis estão atualmente detidos na cela da polícia em Caicoli, submetidos ao processo de identificação. Qualquer presumível autor de crime deve ser detido, investigado e apresentado ao julgamento do tribunal, mas será libertado se for inocente”, sublinhou o responsável da polícia.

Orlando Gomes apelou aos líderes do PSHT que se responsabilizem pelos atos dos seus elementos, visto que os confrontos aconteceram devido à falta de controlo por parte dos dirigentes do GAM.

Na mesma linha, o comandante da Secção de Operação do Comando Municipal de Díli, inspetor-chefe José Luís Amaral, informou que recebeu orientações do comando para antecipar e prevenir prováveis confrontos na capital relacionados com as atividades levadas a cabo pelo PSHT.

“Recebemos instruções para atuar a qualquer momento face a perturbações à ordem pública. Estamos prontos para desempenhar o trabalho e colocamos, por isso, efetivos nos locais de risco em Díli, realizando operações stop”, disse José Amaral ao diário Timor Post, esta segunda-feira (14/08), no Quartel-Geral da polícia municipal, em Caicoli.

Sugeriu, por último, à comunidade que mantenha a calma e evite provocações com vista a contribuir para a manutenção da ordem pública e do respeito mútuo entre os cidadãos.

“A polícia está disposta a atuar contra qualquer atitude que prejudique a tranquilidade pública. Peço aos autores de apedrejamentos das residências privadas e dos veículos da polícia que se responsabilizem pelas consequências quando capturados”, concluiu.

 573 total views,  3 views today

Como Você Reage?
Like
Love
Haha
Wow
Sad
Angry
You have reacted on “Exames de graduação de faixa do PSHT resultaram…” A few seconds ago
  • Share
ADVERTISEMENT
SCROLL FILA BA NOTISIA

Outras Notícias da Timorpost


Comentários :
Timorpost.com Realmente Aprecio Sua Opinião. Seja Sábio e ético ao Expressar Opiniões. Sua Opinião é de Sua Inteira Responsabilidade de Acordo Com a Lei ITE.

error: