PDHJ promete acompanhar caso do jovem que morreu na cela da polícia

Mario da Costa - Justiça
Reportajen : Jerimias Soares
Editor : Germenino Ximenes
  • Share
Virgílio Guterres, imagem Esp.

Díli (timorpost.com) – A Provedoria dos Direitos Humanos e Justiça (PDHJ) compromete-se a acompanhar o caso da morte de José Bernardo, jovem que perdeu a vida na cela da polícia em Caicoli. Aparentemente, morreu por enforcamento, mas a família e os amigos acreditam que não se tratou de um suicídio.

O caso está sob investigação das autoridades policiais, mas os familiares lamentam o facto de a causa da morte não ter sido ainda identificada.

ADVERTISEMENT
SCROLL FILA BA NOTISIA


“A mãe e uma irmã do falecido foram ter comigo na semana passada, apresentando as suas lamentações. Acho que uma mãe que perdeu para sempre o seu filho tem direito de saber a causa”, afirmou o Provedor dos Direitos Humanos e Justiça, Virgílio Guterres, esta sexta-feira (20/01).

Guterres informou igualmente que o Comando-Geral da PNTL foi já informado sobre o assunto.

“Esperamos que a PCIC (Polícia Científica de Investigação Criminal) venha com um resultado da investigação que possa explicar a morte do jovem”, salientou o ex-Presidente do Conselho de Imprensa.

A PDHJ promete não cruzar os braços se a causa da morte de José Bernardo continuar a não ser desvendada.

 849 total views,  3 views today

Como Você Reage?
Like
Love
Haha
Wow
Sad
Angry
You have reacted on “PDHJ promete acompanhar caso do jovem que morre…” A few seconds ago
  • Share
ADVERTISEMENT
SCROLL FILA BA NOTISIA

Outras Notícias da Timorpost


Comentários :
Timorpost.com Realmente Aprecio Sua Opinião. Seja Sábio e ético ao Expressar Opiniões. Sua Opinião é de Sua Inteira Responsabilidade de Acordo Com a Lei ITE.

error: